Rendas em função de rendimentos

Nos bairros sociais geridos pela CASFIG, as rendas dos 380 fogos oscilam em função dos rendimentos dos agregados familiares. 
Após a primeira actualização registada no início do ano, alguns moradores foram surpreendidos com o aumento ou com a diminuição do valor mensal. Tudo porque o regime de renda apoiada prevê uma actualização constante da verba a pagar pelos inquilinos. 
Por norma, a Cooperativa faz a actualização no início de cada ano. Porém, em
função das necessidades dos agregados familiares.
O mesmo acontece nas
situações de desemprego. Nos novos bairros sociais, onde existem 380 fogos sob a
tutela da Cooperativa, tem que ser aplicado o regime de renda apoiada.
Um
regime que não contempla as despesas adicionais com medicação, nem educação. No
entanto, a CASFIG tenta encontrar outras formas de apoio social. De qualquer
modo, apesar de ser suspectível a alterações em função dos rendimentos
colectados, "a renda apoiada estabelece um valor mínimo e um máximo: O mínimo é
1% do salário mínimo nacional e o máximo é um preço técnico, calculado em função
valor do fogo no mercado.

In "Guimarães Digital"
2/Maio/2002