Aprovação de Cursos de Formação Profissional e Acções de Desenvolvimento Pessoal e Social

As candidaturas apresentadas, em Setembro de 2004, ao Programa Operacional de Emprego, Formação e Desenvolvimento Social, em parceria com a Associação Sol do Ave e a Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais (ADCL), foram, na sua larga maioria, aprovadas.
Projectos em parceria com a ADCL:
Temas
em MoviAndamento – Acção de desenvolvimento pessoal e social destinada à
população desempregada e reformada residente nos empreendimentos sociais. Tem
como objectivos promover o bem-estar pessoal e interpessoal dos destinatários,
potenciar capacidades físicas e intelectuais, e desenvolver o espírito criativo.
Novos Sabores – Acção de desenvolvimento pessoal e social, de carácter
formativo, destinada a desempregados, activos e reformados. Tem como objectivos
incentivar o gosto pela culinária, fornecer algumas noções de aproveitamento de
alimentos, de higiene e conservação de alimentos, bem como conhecimentos básicos
sobre nutrição.
Saber para Associar – Acção de desenvolvimento pessoal e
social destinada à população residente nos empreendimentos sociais. Esta acção
tem como objectivos promover o convívio saudável entre moradores, incutir o
respeito pelos vizinhos e pelo empreendimento e visa em última instância a
criação de Associações de Moradores.
Serviços Sociais e à Comunidade – Curso
de Formação Profissional para desempregados de nível 2, com equivalência ao 9.º
ano de escolaridade. Tem como objectivos: dotar os formandos de conhecimentos ao
nível da culinária, dos cuidados primários com crianças e idosos e a (re)
inserção no mercado de trabalho.
Electromecânica e reparação de
electrodomésticos – Curso de Formação Profissional para desempregados de nível
2, com equivalência ao 9.º ano de escolaridade. Tem como objectivos: dotar os
formandos de conhecimentos ao nível de pequenas reparações de electrodomésticos
e a (re) inserção no mercado de trabalho.
Projectos em parceria com a
Associação Sol do Ave:
Ateliers Pais, Filhos e Avós – Acção de
desenvolvimento pessoal e social destinada à população infantil, jovem e sénior
residente nos empreendimentos sociais. Esta acção tem como objectivos promover o
envolvimento parental e o convívio intergeracional.
Acções para a promoção
da cidadania – Acção de desenvolvimento pessoal e social destinada a todos os
moradores dos empreendimentos sociais. Será organizado um conjunto de acções de
sensibilização nas áreas de planeamento familiar, saúde materno-infantil, gestão
doméstica e culinária.

Posted in Sem categoria

Festa de Natal 2004

No dia 19 de Dezembro de 2004 realizou-se a habitual festa de Natal da CASFIG,
EM. O evento realizou-se no Pavilhão Francisco de Holanda, onde todos puderam
assistir a um espectáculo de teatro e música, bem como à entrega de presentes a
todas as crianças residentes nas habitações sociais. A festa contou ainda com um
lanche convívio e um baile.

Posted in Sem categoria

Passeio a Lisboa

Nos dias 26 e 27 de Novembro de 2004, a CASFIG, EM organizou um passeio a
Lisboa, com a participação de 51 moradores, que incluiu uma ida ao Teatro
Politeama assistir à peça A Rainha do Ferro Velho, de autoria do encenador
Filipe La Féria.

Posted in Sem categoria

Fim-de-semana no Campo Escola

Dando continuidade ao trabalho desenvolvido junto das crianças e jovens
residentes, a CASFIG, EM organizou, em Julho de 2004, um fim-de-semana no Campo
Escola de Braga, espaço pertencente ao Corpo Nacional de Escutas daquela cidade,
que contou com a participação de 14 moradores. Foram realizadas diferentes
actividades de carácter lúdico e pedagógico, que permitiram reforçar princípios
de respeito pelo outro, de solidariedade e de cumprimento de regras de convívio.

Posted in Sem categoria

Torneio de Futebol 2004

Durante o mês de Julho de 2004, a CASFIG, EM organizou e levou a efeito o 1º
Torneio de Futebol 5 entre Empreendimentos Sociais. O Torneio contou com a
participação de 9 equipas, distribuídas por três diferentes escalões: feminino,
masculino jovem e masculino adultos. Tratou-se de uma actividade desportiva que
mereceu uma forte adesão de todos os residentes no que diz respeito, quer à
participação nos jogos de futebol, quer à assistência dos mesmos. As várias
jornadas decorreram aos Domingos de manhã no Pavilhão da Casa do Povo de
Fermentões, terminando a última jornada com uma cerimónia de entrega de prémios
às equipas vencedoras e com mais fairplay. Com este evento, a CASFIG, EM
pretendeu, não só, promover a prática da actividade desportiva, como também
incutir nos seus participantes princípios de entreajuda, de respeito pelo outro
e de cumprimento de regras.

Posted in Sem categoria

Passeio a Fátima

Como vem sendo habitual, e de harmonia com os inúmeros pedidos dos moradores, a
CASFIG, EM levou a efeito, em Março de 2004, um passeio, de dois dias, ao
Santuário de Fátima, que integrou também uma visita à cidade de Óbidos. Este
passeio contou com a participação de 31 moradores.

Posted in Sem categoria

600 pedidos de realojamento nos bairros sociais

Continua a procura de habitações para os bairros sociais da CASFIG.
Nesta altura, os serviços da Coordenação de Âmbito Social e Financeiro
das Habitações de Guimarães, têm em carteira cerca de 600 pedidos de
realojamento nos seus bairros sociais. Segundo Cristina Dias da CASFIG, na
origem destas solicitações não estão propriamente problemas de degradação
habitacional, mas sim dificuldades económicas que levam muitos agregados
familiares a procurarem rendas calculadas em função dos rendimentos.
Porém,
a filosofia da CASFIG não é apenas oferecer a chave de uma nova casa. Além do
tecto, os serviços estão empenhados em proporcionar aos residentes um projecto
de vida, intervindo na resolução dos seus problemas sociais.

In
"Guimaraes Digital"
12/Julho/2004

Posted in Sem categoria

CASFIG comemora o Dia Mundial da Criança

A CASFIG comemora hoje o Dia Mundial da Criança, com uma mega-festa que vai
decorrer no Pavilhão Multiusos.
Trata-se de uma iniciativa dirigida a
todas as famílias residentes nas habitações sociais geridas pela CASFIG.
O responsável da CASFIG, Domingos Bragança, realçou que os moradores das
habitações sociais estão integrados num projecto de intervenção social que é uma
referência.

In "Guimarães Digital"
30/Maio/2004

Posted in Sem categoria

Rendas em função de rendimentos

Nos bairros sociais geridos pela CASFIG, as rendas dos 380 fogos oscilam em função dos rendimentos dos agregados familiares. 
Após a primeira actualização registada no início do ano, alguns moradores foram surpreendidos com o aumento ou com a diminuição do valor mensal. Tudo porque o regime de renda apoiada prevê uma actualização constante da verba a pagar pelos inquilinos. 
Por norma, a Cooperativa faz a actualização no início de cada ano. Porém, em
função das necessidades dos agregados familiares.
O mesmo acontece nas
situações de desemprego. Nos novos bairros sociais, onde existem 380 fogos sob a
tutela da Cooperativa, tem que ser aplicado o regime de renda apoiada.
Um
regime que não contempla as despesas adicionais com medicação, nem educação. No
entanto, a CASFIG tenta encontrar outras formas de apoio social. De qualquer
modo, apesar de ser suspectível a alterações em função dos rendimentos
colectados, "a renda apoiada estabelece um valor mínimo e um máximo: O mínimo é
1% do salário mínimo nacional e o máximo é um preço técnico, calculado em função
valor do fogo no mercado.

In "Guimarães Digital"
2/Maio/2002

Posted in Sem categoria
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao navegar neste site concorda com o uso de cookies.